Tyra Banks fala sobre a ‘Guerra de Modelos’ envolvendo Gigi Hadid e Kendall Jenner

Ninguém duvida que Gigi Hadid e Kendall Jenner alcançaram um patamar muito alto no mundo da moda no último ano. Mas apesar dos elogios, também vieram as críticas. Nessa última semana, acompanhamos as palavras de Stephanie Seymour dizendo que “Supermodelos são uma espécie da coisa do passado”, e que “Gigi e Kendall merecem seu próprio título”.

No meio de tantas divergências, a supermodelo de 42 anos, Tyra Banks, resolveu falar um pouco mais sobre esse assunto e escreveu uma especia de carta aberta em seu site, na tarde de hoje (22). Em sua publicação Tyra falou sobre o ponto de vista de ambas supermodelos, a antiga e nova geração, a modelo apresentou argumentos de ambos os lados e ao final deu seu ponto de vista na ‘Guerra das Modelos’ afirmando que as garotas populares nas mídias sociais são, sim, supermodelos:

EU VIVO NO MEIO DE UMA CERTA GUERRA QUE ESTÁ SENDO TRAVADA AGORA. A GUERRA DE MODELOS.

Por que eu me sinto no meio? Eu sou uma modelo que começou a carreira no high fashion, que se transformou em uma supermodelo sexy, e então criou um reality show de modelos que alavancou minha carreira e marca pessoal mais do que poderia imaginar. Eu não sou 100% costura, nem sou 100% estrela de TV. Então, sim, eu estou no meio. Uma especie de hibrido. Há um nível de experiencia em primeira mão e compreensão que eu tenho e quero compartilhar sobre está batalha que cresce entre supermodelos do passado e presente.

(…)

Avançando para os dias de hoje, algumas de nós estão em estado de choque. Testemunhamos jovens meninas em reality shows e meninas super populares na mídia social agora sendo chamadas de supermodelos e nós pensamos, ‘O QUE?! Não é justo! Esse tipo de sucesso é mesmo real?’ Eu tenho que ser franca.

Sim. É REAL.

Mas, imploro para que diferenciem.

Agora eu falo para as novas supermodelos…minhas irmãs…minhas garotas…

Eu vejo vocês.

Vocês estão arrasando, trabalhando duro, correndo de show para show, ensaio para ensaio e festa para festa (porque você tem que ser visto e ter uma postagem legal na mídia social naquela noite porque seus seguidores estão reclamando que você não postou o suficiente antes). Vocês estão se dirigindo para exaustão fazendo tudo ao mesmo tempo mostrando pro mundo postagem por postagem que isso parece ser fácil, quando na realidade, não é nada disso. A pressão está AÍ. Você tem que ser perfeito mas relacionável e amigável e ainda intimidante, sexy mas não muito ou você vai ser bombardeado com a palavra ‘S’ em todos os seus feeds. Você deve aparentar todos juntos o tempo todo, não apenas na passarela mas a caminho dos bastidores também. O mundo está observando todos seus movimentos, julgando se você tem um estilo pessoal aceitável. Oh Deus… chegou a hora novamente. Hora de outra publicação no Instagram, Twitter, Facebook, Snapchat, Vine, Periscope, Facebook, Live, Pinterest… o dia todo, todos os dias, o tempo todo. Não há hora para VOCÊ. Você é ELES. Seus seguidores. Eles querem mais e mais e mais. Você está exausto. Mas você ama eles. Ame eles tanto quanto eles amam você. Você chega em casa e você quer descansar mas antes de se deitar para dormir, você tira 12 fotos de boa noite, escolhe uma e então compartilha mais…uma…publicação.

Mais

Uma

Vez.

Então, a questão em controvérsia permanece:

Você é uma supermodelo?

Uma supermodelo DE VERDADE?

Você está em inúmeras capas, dominando todas as campanhas, desfilando para todos, tem estilistas na discagem rápida e todos sabem seu nome.

Eu acho que a resposta é óbvia.

Você não acha?

Então, agora que já estabelecemos essa pontuação, vamos dar um passo para trás. Minha mãe sempre me disse para imaginar as coisas da perspectiva de outras pessoas. Neste caso, são as supermodelos com perspectiva do passado. As ‘glamazons’ que podem estar com dificuldade para dar crédito onde o crédito é devido.

Peço-lhe para sentir empatia por um momento e por seus óculos escuros de grife com seu SPF – Supermodel Perspective Factor (Fator de Perspectiva de Supermodelo).

Ok, vamos lá:

Mudar é difícil. E quando você é uma lenda, é era quem mandava, é ainda mais difícil. Isso pode ser frustante, doloroso, e as vezes pode te levar a descrença.

Eu vou quebra-la ainda mais:

Pense daqui há 30 anos. Você desligou seus sapatos de passarela e tem um arquivo digital com todas suas conquistas de supermodelo. Melhor dizendo, você está aposentado. Você está nos seus 50 anos e de repente testemunha uma mudança sísmica na industria da moda.

O mundo da moda está tremendo.

Tem uma nova jovem garota que todo mundo está obcecado, essa é a coisa mais quente que a industria tem desde…você. Ela está alem do ‘”it girl”. Ela é A garota. Embora isso, ela é um pouco estranha. Ela nunca toma banho. Ela nunca escova os dentes. E não tem que prestar atenção na alimentação, nem se exercita. P*rra, ela é alucinante. O tipo de beleza que o mundo nunca viu. Uma especie impressionante que deixa as pessoas encantadas.

O nome dela?

Ratava.

Escreva o nome dela de trás para frente e você vai começar a entender do que ela é feita. O seu ‘eu’ de 50 anos está vendo essa “pessoa” vivendo essa vida extravagante e a recepção de adoração obsessiva do publico (e da sua filha adolescente), e você não pode deixar de pensar, “Como ela ousa ter todo esse crédito e brilho. Ela não tem que malhar. Ela não precisa se estressar. Ela não tem que ir ir ir até a exaustão fazer com que ela ache que vai desmaiar. Ela não tem que postar e postar e postar e postar. Ela não tem se quer PULSO!!!”

Mas você minha companheira, jovem supermodelo, TEM pulso. Você está vivendo e respirando, lutando e ganhando. E você merece TUDO que vem da sua maneira. Ver você ter sucesso me faz sentir TÃO BEM! Você está validando a industria que eu dediquei a maior parte da minha vida. Eu achava que o dom de supermodelo tinha acabado. Eu pensei que era o fim de uma era. Mas então você apareceu e fez isso ter significado novamente. De forma egoísta, a dor, a luta, o sangue, o suor, medo e as lagrimas das supermodelos do passado não são em vão. Não vamos morrer como uma especie ameaçada.

E isso é graças a…

VOCÊ

O “Trinity” de ontem é o #Squad de hoje. E o que todos devemos lembrar é que somos mais fortes juntas do que separadas. Eu espero que possamos começar a agir como tal. Eu já tive dor demais nos meus anos de modelagem no passado e ver minhas irmãs em conflito hoje traz de volta as memórias angustiantes. Então, vamos nos unir. Por favor terminem a luta.

#SupermodelosSquad

E nós temos que abrir nossos braços ainda mais. A industria da moda não é mais um clube exclusivo e inatingível que poucos podem acessar. Qualquer um pode ser uma modelo! Se você tem contas na mídia social, você pode posar e postar, ganhar seus seguidores e ganhar dinheiro tudo isso enquanto se diverte muito. O mundo da modelagem é uma democracia agora e nós precisamos comemorar isso, e inclinar-se para ele.

O universo muda constantemente e evolui, e vai continuará assim até o fim dos tempos. É inevitável. E é lindo.

Assim como todos vocês lendo isso agora.

Olhos Vêem Sua Beleza.

Você vê?

Fierce & Love,

Tyra

A modelo também desabafou em suas redes sociais, Instagram e Twitter:

“18 anos de idade. Nos bastidores de algum grande desfile. Na Europa. França? Itália? Não me lembro. Mas o que eu me lembro é que mesmo que eu possa ter um olhar seguro de si e confiante, houve muita dor no meu coração. Houve barreiras e pessoas que queriam parar o meu sucesso, mas o fogo no meu coração e apoio da minha mãe me manteve. Se eu pudesse falar comigo mesma aos 18 anos de idade, eu diria que ela vai crescer e ser uma voz para todas as modelos. Para todas as mulheres. Que ela terá a responsabilidade de falar quando ela vê as coisas indo errado.  Quando ela vê as mulheres que são irmãs tendo conflito, ela deve ser corajosa. Ela deve ter medo. Ela deve falar. E ela deve fazê-lo hoje. E eu vou. Preparem-se.”

Esta guerra de supermodelo me enfurece e isso realmente está me destruindo. Eu quero tanto citar Rodney King agora.

Tradução & Adaptação: Equipe Gigi Hadid Brasil


Comentários