Yolanda Hadid revela em seu livro que seus filhos salvaram sua vida

Yolanda Hadid não está segurando nada quando fala sobre suas lutas com a doença de Lyme e seus efeitos angustiantes em seu corpo e cérebro.

Em seu novo livro de memórias, Believe Me: My Battle with the Invisibility of Lyme Disease, a mãe de Bella, Gigi e Anwar revelou que uma vez considerou suicídio durante suas horas mais sombrias enquanto lutava contra a doença. “Eu sou uma lutadora, mas eu tive que render-me”, Hadid confessou às pessoas sobre os dias que passava 22 horas na cama.

Mas foi durante as férias da Flórida com seu ex-marido, David Foster, dois anos depois do diagnóstico que a dor do modelo anterior tornou-se insuportável. “Deus, por favor, me leve em uma onda”, escreve ela no livro. “Eu não posso viver assim mais um dia. Por favor, leve meu corpo para longe. Eu só quero desaparecer”.

Ela confessou que seus filhos, Gigi, Bella e Anwar, a salvaram de tirar sua própria vida. “Isso muda a minha consciência imediatamente e é a única coisa que me impediu de ser levada e me afogar”.

Embora ela ainda esteja lutando por uma cura, Hadid está em um estado saudável que “sente como remissão”.

“Tão difícil como foram os últimos cinco anos, estou tão agradecida que esta jornada me levou a viver na luz”, afirmou. “Eu tive tudo e perdi tudo, só para perceber que menos é mais, o dinheiro não pode comprar sua saúde ou felicidade, e um dia de cada vez é bom o suficiente”.

O livro deve chegar as livrarias americanas dia 12 de setembro. No Brasil, ainda não há previsão.

Traduçaõ & Adaptação: Gigi Hadid Brasil


Comentários