Gigi Hadid estampa capa da W Magazine volume VIII 18

Posando em vários fundos neutros diferente para as lentes dos fotógrafos Mert Alas e Marcus Piggott, vestindo roupas de grifes como Gucci, Chanel, Saint LaurentAlexandre Vauthier com uma peruca de cabelos loiros platinados inspirado no estilo da cantora Debbie Harry, por volta de 1975 conhecida como a rainha do punk na época, Gigi Hadid estampa desta maneira a capa da W Magazine volume VIII 18. A modelo também concedeu uma entrevista sobre Halloween, sua participação no MasterChef, férias e seus medos e muito mais, confira a matéria completa e traduzida abaixo:

Gigi Hadid é a garota americana: educada, enérgica, bonita e filha de dois imigrantes – uma mãe escandinava e um pai do Oriente Médio. Ela cresceu em Malibu, uma loira de pernas compridas que jogava vôlei e montava cavalos. Quando ela tinha 2 anos de idade, ela começou a modelar para Baby Guess, e quando ela tinha 5 anos, seu rosto estava em um outdoor em frente ao Beverly Center, no centro de Los Angeles. Isso a fez feliz então, mas as coisas mudaram mais tarde quando sua fama disparou. “Quando eu sei que estou em um outdoor, não consigo nem chegar perto do quarteirão”, ela me disse uma vez. “Eu tenho suores quentes. Peço aos meus amigos que enviem fotos para mim porque não posso chegar perto dele”.

Ela cresceu cercada por pessoas famosas e poderosas: ela está intimamente ligada a todos, desde o clã Kardashian-Jenner até quatro presidentes dos Estados Unidos. Como uma garota do mundo, mesmo antes de ser uma celebridade, Gigi poderia facilmente se tornar vaidosa e mimada. Mas, felizmente, ela sempre seguiu um conselho sábio: “É melhor você ser a pessoa mais gentil e mais trabalhadora da sala”, sua mãe, Yolanda Hadid, uma ex-modelo e uma das Donas de Casa Reais de Beverly Hills, disse para jovem Gigi, “porque se você não for, então sempre haverá alguém mais bonito, mais legal e mais trabalhador”.

Então, em um dia de outono excepcionalmente frio, às 11h, Gigi chegou a um estúdio fotográfico para fotografar nossa capa. Naquela mesma manhã, ela havia desembarcado em Nova York em um vôo noturno do Brasil, onde ela estava trabalhando, e tinha parado em casa para tomar um banho rápido. Eu meio que esperava que ela estivesse com jet-lag ou irritada, mas ela estava otimista e borbulhante. Com jeans, tênis e uma jaqueta warm-up com zíper, Gigi parecia que ainda estava no ensino médio, indo para o treino de voleibol.

Se você tivesse um superpoder, qual seria? 

Teletransporte. Ontem eu estava fotografando no Brasil, e agora eu estou fotografando em Nova York. Se eu pudesse estralar meus dedos e estar onde eu preciso, as coisas seriam bem melhores para mim

Quando mais nova, quais pôsteres tinham no seu quarto?

Eu era uma corredora, então eu amava os cavalos olímpicos. Eu tinha cavalos na minha parede. Quando eu era criança, eu escutava Josh Groban, Michael Bublé e Andrea Bocelli, mas eu acho que não tinha pôsteres deles. Eu tinha um Kobe Bryant pôster. E acho que eu tinha uma cesta de lixo do Kobe também.

Uma nota: A última vez que nos falamos, Gigi em disse que a melhor festa de aniversário dela foi de 13 anos. Os pais delas levaram ela e alguns amigos para o jogo do Lakers, e ela se vestiu como uma super fã: Ela usou uma peruca amarela e roxa, os suspensórios dela eram amarelo e roxo, e ela tinha seu próprio uniforme do Kobe. Anos depois, em um show da Taylor Swift em L.A., Gigi finalmente viu Kobe pessoalmente. “Taylor falou tipo, ‘‘vai lá. Diz oi,’” Gigi lembrou. “E eu não pude. Kobe Bryant é uma das únicas pessoas que me deixam fascinada”.

Você já usou sua fantasia de super fã no Halloween? Qual foi sua fantasia de Halloween favorita?

Eu usei meu uniforme do Kobe na escola. Isso não era uma fantasia! Há alguns anos, eu fui Sandy de Grease no Halloween—A versão da Sandy no final do filme.

Sandy obscena!

Sim! Eu fui a Sandy obscena! Eu tinha um pequeno cigarro apagado na minha boca, o cabelo armado, a boca vermelha, o olho de cato esfumaçado. Eu me senti muito durona!

Qual o nome do seu primeiro animal de estimação?

Angel. Meu gato.

E em que rua você cresceu?

East Valley. Então: Angel East Valley é o meu nome pornô. Bom saber.

Como esta é a nossa questão de férias, qual é a sua memória de férias favorita?

Estar na cozinha cozinhando com minha família. Todos nós gostamos de preparar um prato diferente, e eu sempre faço um buffet de sobremesas maluco onde faço trens com doces e bolinhos de boneco de neve. Mas minha primeira lembrança vem de uma foto: Quando eu era bebê, meu pai me colocou em uma panela enorme com legumes. Parece que estou prestes a ser cozido como sopa.

Você ganhou MasterChef para cozinhar, e você também assou – as pessoas raramente são boas em ambos, uma vez que exigem duas mentalidades muito diferentes: cozinhar é instintivo, e o assar precisa ser exato.

Eu gosto de ambos. Minha comida favorita é sempre tentar fazer algo novo. Eu vou perguntar ao meu namorado Zayn Malik:“O que você quer hoje?” E eu sou muito boa em fazer isso. Nos meus dias de folga, cozinhar é algo que mantém minha mente sem ter que pensar em muitas coisas sérias.

Uma digressão: Hadid é uma conhecedora do hambúrguer. No MasterChef, ela decidiu fazer um hambúrguer para impressionar Gordon Ramsey, o chef tirano que é conhecido por seus hambúrgueres. “Ele é o rei”, disse Hadid. “Eu sabia que, se o impressionasse com meu hambúrguer, venceria. E eu fiz.”

Você tem algum medo irracional?

Eu estou bem com aranhas e alturas e palhaços. Mas eu não gosto de sair do chuveiro e ver o assento sanitário estar aberto. Eu estou tipo, eu tenho água em cima de mim, e o banheiro tem água, e eu simplesmente não tomo banho com o vaso aberto. Eu garanto que agora você vai olhar para o banheiro e vai fazer você se sentir estranho se estiver aberto enquanto toma banho.

Você tem uma habilidade secreta?

No cinema ou na TV, sempre consigo descobrir o assassino. Eu estudei psicologia criminal na escola, e as pessoas sabem que todos os meus programas de TV favoritos são esse tipo de quebra-cabeça psicológico, geralmente envolvendo um assassinato.

Talvez você possa se tornar uma policial!

Talvez não ser uma policial, mas uma profiler. Eu gostaria de fazer aquilo. Não há muitos modelos para resolver crimes!

Por enquanto, pegar criminosos terá que esperar. Um assistente nos interrompe para dizer a Hadid que ela precisa começar cabelo e maquiagem – os fotógrafos Mert Alas e Marcus Piggott estão transformando-a em Debbie Harry, por volta de 1975, quando a cantora era a rainha do punk. Mais cedo, Gigi havia olhado atentamente para um quadro de cortiça coberto de fotos de Harry daquela época.

“Eu sempre estudei como os modelos faziam fotos”, ela me disse. “Sempre foi importante para mim criar uma foto melhor. Eu posso olhar para um shoot e ver onde eu me encaixo nele, o que eu posso adicionar à foto. Eu não quero ser apenas mais uma pessoa na página”. Ela fez uma pausa. “Quero que as pessoas vejam a nova foto comigo e um dia lembre-se da maneira como nos lembramos dessas fotos de Debbie Harry”.

Icônico? Eu perguntei. “Icônico!”, Disse Gigi.


WM201809GIGICIAN01.jpgWM201809GIGICIAN05.jpgWM201809GIGICIAN07.jpgWM201809GIGICIAN08.jpg


Comentários