Bem-vindos ao seu fã-site oficial da modelo Gigi Hadid no Brasil
Instagram Twitter Youtube

Após dois anos, Gigi Hadid volta a estampar a capa da Vogue Arabia. Neste mês de março, a revista completa dois anos desde o lançamento de seu primeiro exemplar, e para celebrar este marco, a Vogue árabe trouxe de volta sua primeira estrela, Hadid, com um editorial fotografado por Peter Lindbergh. E para deixar a edição de Março 2019 ainda mais especial, Gigi concedeu uma entrevista onde falou sobre sua família e herança árabe, sua carreira e muito mais.

Confira a entrevista completa abaixo:

Não é fácil ser uma das modelos mais requisitadas de todos os tempo. Na véspera da chegada de Gigi Hadid em Paris para fotografar a capa de aniversário da Vogue Arábia, ela desfilou para Marc Jacobs na semana da moda de Nova York. Devemos usar um helicóptero para que ela chegue a tempo no aeroporto? Que tal um jatinho particular para que ela não desperdice nenhum segundo? O consagrado fotografo Peter Lindbergh só tinha apenas um dia disponível para esse ensaio, por isso tempos desesperados pedem por medidas desesperadas. A modelo finalmente chegou no set, deixando aquela clara tarde parisiense de fevereiro ainda mais brilhante. “Oi, eu sou Gigi,” ela se apresentou para a equipe, com um tom acessível que explica por que o mundo se apaixonou por ela quando começou a modelar profissionalmente, apenas cinco anos atrás. Depois das glamazonas brasileiras e a matilha Russa, Hadid lidera uma tribo de modelos apelidadas de “instagirls,” o que sugere que elas alcançaram a popularidade por conta de seu alto engajamento nas mídias sociais. O termo nem sempre foi usado com uma conotação positiva, com veteranas com Naomi Campbell de um lado falando bastante sobre os atributos (ou a falta deles) dessa nova safra, e as supermodelos originais dos anos 80 e 90 do outro. Mas sejamos sinceros, mesmo que Hadid seja uma das modelos mais seguidas do planeta – com mais de 46 milhões de fãs no Instagram – ninguém sobrevive na industria da moda sem comprometimento e uma ética de trabalho feita de aço.

Hadid, agora com 23 anos, cresceu em Santa Barbara, na California, filha da modelo holandesa e estrela de reality show Yolanda Hadid, e do magnata palestino Mohamed Hadid. Ela começou a modelar para Guess quando tinha dois anos, mas ela garantiu que teve uma infância perfeitamente normal. “Muitas pessoas fazem suposições sobre minha família, mas nossa infância não foi ‘Hollywood.’ Eu modelei quando era mais nova, mas minha mãe intencionalmente me fez parar antes que isso se parecesse com um trabalho,” ela aponta. “Eu cresci com meus cavalos, cavalgando e cuidando deles, e apenas fazendo inventando coisas para fazer pelo celeiro. Quando fiquei um pouco mais velha, na terceira ou quarta série, eu comecei a me apaixonar por vôlei e passei a jogar pelos times da minha escola. Meus pais deram importância em ir bem na escola e sempre me apoiaram em qualquer coisa extracurricular que eu quisesse experimentar. Focar nos meus esportes, fazer arte, estar do lado de fora, e passar tempo com meus amigos ocupava a maior parte do meu tempo, como qualquer criança. Meus pais nunca fizeram o sucesso deles uma desculpa pra mim; Eu sempre soube que, depois do ensino médio, eu teria que trabalhar para me sustentar, então nunca apostei todas minhas moedas em ser modelo.”

O plano original de Hadid era se formar em criminologia, mas ela acabou se mudando para Nova York para se tornar modelo, fazendo sua estréia na passarela em fevereiro de 2014 para a marca espanhola Desigual. Desde então, a vida dela mudou completamente, e Hadid se tornou a garota propaganda de algumas das marcas mais famosas na moda, incluindo Victoria’s Secret, Tommy Hilfiger e Reebok. Recentemente, saindo um pouco da área comercial, ela se tornou o rosto da Prada. Ela também brilhou na passarela da Versace em Milão – Donatella Versace é uma das que mais apoiam Hadid, dizendo, “você realmente é minha garota e sempre vai ser.”

Quando perguntada sobre como se sente sobre sua carreira exorbitante, Hadid não esconde sua animação e gratidão. “Muito do que eu faço parece surreal. Ainda tem sonhos se tornando realidade que eu nem sonhava com a possibilidade quando comecei,” ela confessou. “Conseguir a campanha e desfilar para Prada essa temporada é um exemplo – eu nunca vi isso como uma possibilidade para mim. Mas essa é a magica da Miuccia, ela é formidável, uma tomadora de riscos. Ela faz o inesperado, e eu sou muito grata pelo apoio dela. Mas, acima de qualquer trabalho ou momento em minha carreira, minha maior honra tem sido conhecer e passar tempo com os designers e diretores criativos da moda, podendo conhece-los como pessoas. Esses são os momentos mais surreais e queridos por mim.”

A lua está começando a aparecer pelas janelas do nosso estúdio enquanto Hadid e Lindbergh parecem estar em perfeita sintonia criativa, especialmente considerando que eles se conheceram há apenas algumas horas. Sem precisar de muita direção, Hadid se move habilidosamente no set, enquanto veste um mix de marcas internacionais e designers árabes, como Elie Saab e o costureiro saudita Ashi. Destacar a herança Árabe de Hadid sempre foi uma parte importante deste ensaio, já que ela constantemente fala sobre sua família do Oriente Médio. Ano passado, ela foi fotografada celebrando o Eid [celebração muçulmana] ao lado da estrela do pop Zayn Malik, e em 2017 ela marchou pelas ruas de Nova York com sua irmã Bella Hadid, protestando contra a medida do presidente dos EUA Donald Trump que restringia a entrada de refugiados e imigrantes de sete países de maioria islâmica no país. “Ser metade Palestina enriqueceu muito minha vida,” diz ela com orgulho. “Eu sempre senti que as crianças com etnia mista experimentam uma dualidade de vida que é unica. Eu acho que, além do óbvio como crescer amando tradições e comidas árabes, ser árabe me influenciou a ser aberta e amorosa com todas as origens, me fazendo perceber que ser mais de uma coisa não te faz ser menos outra coisa, e que nós podemos ser mais equilibrados abraçando todas as partes de nós mesmos.”

Foi esse senso de compromisso com a região que fez Hadid concordar com entusiasmo participar da nossa capa da estreia, exatamente dois anos atrás. Enquanto ela estava extraordinária com um lenço de cristais, a imagem criou uma tempestade nas redes sociais, com muitos críticos questionando a herança árabe de Hadid. Havia também o cultural meio termo e a escolha de risco em usar um véu quando, na verdade, a modelo é conhecida por seu lindo cabelo dourado. Ao refletir esse momento icônico, mas polêmico, Hadid confessa que sentiu uma grande responsabilidade posando para essa capa, não apenas por sua hem raça e família árabe, mas também pelas mulheres e juventude árabe. “Eu queria estar coberta como um simbolo de respeito, e também para ajudar a quebrar o estigma em torno dessa imagem sendo mostrada na moda. Mulheres que usam hijabs ou se vestem modestamente merecem se sentir representadas e se ver em imagens da moda, e esse é um papel importante que a Vogue Árabe desempenha no cenário mundial.”

Família, herança, moda. Esses três pilares parecem ter um papel fundamental na caminhada de Hadid, especialmente vindo de uma família com a maioria dos membros sob escrutínio público. Com seu irmão Anwar, mas principalmente com sua irmã Bella, ela divide os holofotes da moda, sendo a dupla de supermodelos mais requisitada do momento. Mas existe uma rivalidade entre as irmãs? “Nós somos melhores amigas. Sempre comemoramos nossas semelhanças assim como nossas diferenças, e continuamos com isso em nossas carreiras,” conclui Hadid após terminar a última fotografia, agora sentada num sofá no canto quase totalmente escuro do estúdio. “Eu amo ver o jeito que nossas carreiras são diferentes e se alinham para momentos especiais. Nós sempre temos os melhores momentos juntas, e mesmo que nossas agendas não sejam as mesmas durante as semanas da moda, nós estamos juntas no fim da noite pedindo serviço de quarto e um filme.” Depois de um dia inteiro de trabalho, vindo direto de uma viagem transatlântica, essa pode ser uma daquelas noites.

Tradução & adaptação: Equipe Gigi Hadid Brasil