Bem-vindos ao seu fã-site oficial da modelo Gigi Hadid no Brasil
Instagram Twitter Youtube

A cada dezembro desde 2002, Chanel apresenta uma coleção dedicada à sua Fashion Métiers d’art. Esta coleção destaca o diálogo criativo entre Virginie Viard, diretora artística das coleções de moda da grife, e as Maisons d’art, valorizando as criações da casa. Na coleção de 2019/20 Gigi Hadid e mais outras modelos que desfilaram para Chanel no final do ano passado estão sendo rosto da mesma. Toda campanha foi fotografada durante o backstage após desfile e também em um jantar de after party.

Elementar para o universo visual Chanel, o contraste do preto e branco atua com rigor gráfico. Na coleção Métiers d’art 2019/20, os painéis de tweed preto e branco redefinem a alfaiataria, enquanto as silhuetas são traçadas com contraste preciso. Datado da década de 1920, o duplo C é o monograma emblemático de grife, imediatamente reconhecível. As letras entrelaçadas aparecem em perfeita simetria, sinalizando a singularidade atemporal da Casa. Como prega dimensional, o duplo C se destaca na coleção.

Inspirada na moda masculina, Gabrielle Chanel usou tweeds infinitamente flexíveis e confortáveis. Ao longo da coleção Métiers d’art 2019/20, o tweed continua a tradição e assume muitas formas e tons contemporâneos, desde um paletó recortado e uma saia de cintura baixa, até um terno rosa marcante.

Considerando o trigo como um amuleto de boa sorte, Gabrielle Chanel contratou o ourives Robert Goossens para criar uma base de feixes brilhantes para uma mesa de vidro em seu apartamento na Rua Cambon 31. Bordado pela House of Lesage em um vestido sem alças e jaqueta de tule o trigo parece, ao mesmo tempo, precioso e extravagante. O arco, acessório que Gabrielle usou em inúmeros retratos, é um dos elementos essenciais do estilo de Chanel. Somados aos cintos de corrente, os arcos podem ser encontrados em toda a coleção Métiers d’art 2019/20, reinterpretada por Viard como um sotaque elegante e divertido.

Na coleção Métiers d’art 2019/20, uma gaiola minaudière dourada, constelada com balanços de strass de uma alça de corrente. Ele aponta para uma gaiola de pássaros em miniatura no apartamento de Gabrielle Chanel, um dos muitos tesouros que ela amava.

O endereço emblemático do apartamento de Gabrielle Chanel e do estúdio de criação inspirou a decoração da coleção Métiers d’art 2019/20. Tanto a mítica escada espelhada Art Déco quanto os móveis do apartamento foram recriados dentro da nave do Grand Palais. Entre os looks está um moletom com a Rua Cambon 31 bordado em flores pretas e pérolas pela Casa de Lemarié.

Imaculada, delicada e simbólica de longa vida, a camélia era a flor característica de Gabrielle Chanel. A partir da década de 1960 a Casa de Lemarié começou a criar camélias para a Chanel e ainda hoje monta cada pétala uma a uma. Na coleção Métiers d’art 2019/20, eles cobrem jaquetas bomber como esculturas, os centros bordados brilhando como joias.

page_6.jpgpage_7.jpg1590508939038-6imgcampaignblackjpg_max_lg_md.jpg58HWRX5U_o.jpg2019-20-Metiers-dart-ad-campaign_pictures-by-Melodie-McDaniel-7-scaled.jpg

c~8.jpgc.png1_2.jpeg