19.10.23
Gigi Hadid fala sobre abertura da loja da Guest In Residence, colaborações futuras e sustentabilidade
Postado por Equipe GHBR
Compartilhe

Em sua aconchegante nova loja em 21 Bond Street, Gigi Hadid está convidando todos a serem seus convidados.

Na manhã de quarta-feira, a modelo e empreendedora, vestida em sua recente marca 100% de caxemira, recebeu a WWD na abertura de sua marca, Guest in Residence, onde sua visão criativa de 360º veio à vida no NoHo.

“Nós queríamos que isso fosse como a sala de estar de alguém. Um local acessível para ir às compras, aproveitar, jogar xadrez nos fundos. É acolhedor, confortável e está esfriando na cidade , então venham nós visitar!”. Ela disse, cercada por expositores de madeira, iluminados e coloridos, repletos de peças de caxemira, entre mobílias acolchoadas e decorações cheias de arte.

A nova localização está prevista para ser inaugurada na quinta-feira no piso térreo da 21 Bond Street, um prédio residencial de seis andares localizado entre a nova loja de J. Crew e Goop’s Manhattan Boutique.

Desde de sua concepção, mais ou menos um ano atrás, a marca 100% caxemira de Hadid rapidamente adquiriu uma presença global por meio dos lançamentos sazonais, colaborações exclusivas e lojas temporárias comandadas pela modelo e empreendedora.

Próximo a abertura da loja, Hadid colaborou com LuisaViaRoma para lançar uma coleção cápsula limitada durante a Semana de Moda de Milão com modelos e cores exclusivas, como cardigãs com abertura frontal e croppeds com babados, os quais fazem parte da coleção Outono 2023 da marca. No momento estão havendo vendas online e, em novembro, haverá em lojas físicas. Em adição as lojas temporárias de LuisaViaRoma e Le Bon Marché, Guest in Residence abrirá lojas temporárias, também, com Selfridges e Bergdorf Goodman.

Hadid contou-nos que o sucesso dessas colaborações e lojas temporárias provaram que Guest in Residence estava pronta para uma loja permanente.

“Nós aprendemos tanto sobre o nosso sucesso com essas lojas. Isso nos impulsionou mais rápido para a abertura de nossa primeira loja.” Ela contou ao WWD sobre a abertura.

De longe, os modelos mais vendidos, tanto em vendas diretas ao consumidor quando em quiosques interativos, desde “Feel Shop” em Nova York no inverno passado e da cápsula em colaboração com The Snow Lodge até os eventos em departamento e as divulgações em Milão e Paris, são: o cardigã “Everywear”, o moletom oversized de gola redonda, o colete “LayerUp!” e o cardigã “Stealth”.

Hadid completou que, ainda que houvesse vendas diretas aos consumidores, as vendas virtuais de Guest In Residence foram um começo perfeito para a marca no ano passado, sua empresa descobriu como as lojas temporárias de departamento engajam e mudam as perspectivas e prospectivas dos compradores.

“Você não sabe como as pessoas estão entrando, ou em qual perspectiva elas estão tendo olhando para o seu site, mas eu acho que, quando as pessoas estão em uma loja e estão de frente para os produtos, elas conseguem sentir isso, tudo faz sentido.” Ela diz. “É quando se apaixonam [pela marca] mais rápido, porque é caxemira. Depois de tê-los dm mãos, você pensa: “Oh! Eu preciso de um desses.” Ela completa.

“Meus colegas, meu parceiro de negócios e a suas esposas, ficam na loja o tempo inteiro e participaram de muitas das vendas temporárias. Eu amo ouvir histórias realmente pessoais de pessoas específicas. Recebo ligações durante o dia, até mesmo essa semana, com um: “Olá! Uma família do Arizona acabou de passar por aqui, amaram tudo e compraram várias coisas.” Hadid diz. De longe, os momentos mais simples, como ver as pessoas nas ruas usando seus designs, compõem suas memórias preferidas como fundadora e diretora criativa durante o ano passado, ela diz.

“Eu amo escutar histórias pessoais aleatórias e eu acho que isso nos ajuda a tornar a experiência cada vez melhor para todos.” Hadid diz.

Ela reforçou que as peças são: “práticas, eternas, atemporais e para ambos os sexos”, alinhada com grande parte da moda que ocupou espaço nas passarelas de outono, e que podem ser: “usadas e compostas de múltiplas maneiras.”

“Você sempre deve estar pensando sobre o que você está criando sob a lente de diferentes pessoas.” Ela adiciona.

Em adição à abertura da primeira loja de Guest in Residence, a marca, também, expandiu de uma venda direta aos compradores para uma rede de distribuição global durante a temporada de outono. Parceiros de departamento, além daqueles com que Hadid já havia colaborado (Antonia Milano, Le Bon Marché, LuisaViaRoma), agora incluem Selfridges, Ssense, Net-a-porter, Harrods e Rinascente Milano.

“Foi uma resposta ao quão bem nós vimos essas [lojas temporárias] venderem quando as pessoas podiam entrar, tocar e ver as peças pessoalmente. Agora nós estamos em Le Bon Marché em Paris e LuisaViaRoma na Europa e agora essa em Nova Iorque. Eu acho que colocá-las onde eu sinto que as pessoas vão gostar é um aprendizado para expandir fora daqui.” Ela diz.

Hadid e sua equipe estão criando manequins e cartelas de cores exclusivas para os parceiros de departamento, os quais Hadid fala que: “É uma ótima oportunidade para dar às pessoas algo especial em cada lugar.”

Bon Marché, LuisaViaRoma e FWRD, por exemplo, possuem uma gama de cores limitada, ela diz: “Nossa loja terá isso com o tempo.”

Ainda que não haja uma parceria oficial ou disponibilidade para compra, Hadid descreve, animada, um par de tênis Adidas Samba, seu sapato para todas as ocasiões, criado especialmente para ela em homenagem a sua abertura da Guest In Residence, nas cores de sua marca: amarelo ouro e tons de azul royal.

“Tem o endereço da Bond Street na parte externa,” Hadid diz “Quando você vê essas cores, você sabe que elas são especiais, ainda que os tênis não sejam de caxemira, eles [expressam] como eu amo ter algo que é como uma memória e uma experiência. Um bom tênis é essencial, assim como um bom suéter”.

“Minha roupa diária é jeans, suéter e Sambas, então tudo combina.” Hadid diz, adicionando que “Um dos seus maiores sonhos está tornando-se realidade.” através de uma colaboração secreta e reclusa que ela está pretendendo lançar no próximo ano.

“Obviamente eu sou uma fã de parcerias, especialmente trabalhando em uma mediada por uma empresa de caxemira. É muito divertido ter as ferramentas e recursos de outras marcas que nós amamos e poder colocar nosso próprio toque nisso, é um novo caminho para nós.” ela diz.

Adquirindo aprendizados dessas parcerias e das vendas prévias, Hadid enfatiza a importância de oferecer aos novos clientes uma experiência que os remeta ao DNA da marca, oferecendo atemporais e luxuosas futuras heranças e o seu amor por “coisas aconchegantes”, enquanto oferece aos clientes rotineiros acesso a novas imersões em seus mais amados modelos da Guest In Residence.

“Eu quero que as pessoas tenham suas coisas preferidas e eu quero que isso seja um conforto para quando elas estiverem tipo “hey, eu preciso de um novo suéter e eu sei que amo o modelo do cardigã “Everywear”, oh veio em novasbcores.” Ela diz. “Eu tive muitas experiências com marcas em que eu menapaixonei por uma peça que eles tinham e eu voltava na próxima temporada, porque eu compraria aquilo em uma nova cor, mas eles nunca mais vendiamnisso. Eu quero que as pessoas tenham itens de conforto.”

A ideia de praticidade e aconchego atreladas diretamente ao espaço de vendas da Guest In Residence, que foi criada em colaboração com a Yaoska Interiors.

Mantendo a sustentabilidade moral e o grande uso de artesanato da marca, a loja é projetada por materiais de baixo impacto, como estantes de carvalho branco, iluminação e móveis de ferro moldado e pisos laminados.

Adentrando o DNA aconchegante da marca (com notas do tempo passado por Hadid na natureza quando era criança), o espaço possui provadores de madeira de abeto inspirados em uma cabine com tapetes azuis e amarelos da marca, paredes de caxemira em cal, uma lareira, móveis vintages (incluindo cadeiras acolchoadas de bares dinamarqueses dos anos 50 e uma mesa de centro),cerâmicas e pinturas artísticas, como a obra “Poolside”, de 2015, do artista Negin Dastgheib.

“Eu quero que seja como se você estivesse entrando na sala de estar de alguém.” Hadid disse. “É, ainda, claro e simples e tem que ser um espaço que é uma base que podemos ir e que possa ser louco como quiser, se eu quisesse, mas também pode ser minimalista e elegante para que pudéssemos passar por diferentes datas comemorativas e estações.”

“Eu quero que alguém que não esteja fazendo compras se sinta confortável.” Ela adiciona. “Eu acho que é porque é parte do meu trabalho, mas eu adoro sobrepor um suéter sob que eu já estou usando. Eu não quero entrar nos provadores o tempo inteiro, eu quero que seja como uma sala de estar confortável. Acho que essa é a vibe da nossa marca e das pessoas que trabalham com a gente.” Hadid explicou. Parte dos toques pessoais da loja decorrem de sua própria herança, suéteres de seu próprio guarda roupa e que foram herdados de seus pais.

Em adição, a localização da loja em 21 Bond Street deve servir como uma extensão da comunidade da marca.

“É legal sentir um pouco de senso de comunidade. Eu acho que quando as pessoas entram no nosso escritório, elas se sentem desse jeito.” Hadid disse sobre a sede da marca nas proximidades. “Nós nos divertimos muito juntos e há uma ótima energia e amizade entre nós, então é bom ter isso em Bond Street.” Ela completa.

“Vivendo próximo da área, nós temos amigos que possuem e que nós conhecemos [dos] restaurantes e lojas. É ótimo convidá-los e nos sentir como uma parte da comunidade de um jeito novo.” Hadid diz. E sua equipe está “colocando seus toques pessoais” na decoração, ela aponta, chamando isso de “um sentimento bom e doce”.

Durante o fim do ano, os clientes podem aproveitar várias experiências na loja por meio de uma parceria com a The Laundress, como serviços de bordados e brinde com as compras com The Laundress Wool e Cashmere Shampoo, com instruções de cuidado com a caxemira (esse último também estará disponívelbdurante o fim do ano).

Hadid disse que a parceria ensinará aos clientes como lavar um suéter de caxemira em uma pia e mais: “Tudo que você usa no cabelo pode ser usado na caxemira, então lave a mão do mesmo jeito e deixe secar naturalmente”, Hadid adiciona.

Com a abertura da loja, a marca está lançando seu primeiro programa de consumo circular em parceria com a marca italiana Re.Verso.

“As pessoas podem devolver nossas peças de 100% de caxemira por 10% de desconto em sua próxima compra. Nós podemos pegar esse suéter, mandar para [Re.Verso, na Toscana], Itália e eles podem reaproveitar e reusar essas fibras em novas peças recicladas, nas quais podemos usar para tudo que quisermos.” Hadid explica. O programa tem como objetivo reduzir o desperdício têxtil, economizar recursos, reusar e reciclar fibras para novas roupas e expandir a economia têxtil circular. Stella McCartney, Eileen Fisher e Patagonia já usaram esse programa.

“Acabei de receber nossa primeira amostra do primeiro suéter feito com essa caxemira reciclada e é tão bonito. Já que é reciclado, é colocado na categoria de cores, então, ainda que pareça verde,uma vez que você observa [mais perto], tem vários pontinhos de milhões de verdes, o que dá esse diferencial, cores que não são normalmente encontradas nas cartelas de caxemira.” Hadid diz.

Em adição, a marca anunciou sua colaboração com a Sustainable Fibre Allianceb (SFA), uma organização sem fins lucrativos que trabalha com pastores da Mongólia e China para garantir que a caxemira é produzida eticamente e com mínimo impacto ambiental.

Hadid diz que o desperdício é uma das razões pelas quais em que ela hesitou em produzir produtos, até recentemente.

“Com tudo que será manufaturado, produzido e vendido, há uma forma de desperdicio gerado e eu acho que é por isso que por tanto tempo eu não queria ter uma empresa e fazer coisas apenas para produzir e vender, sem saber se quando você a colocasse muito perto de uma lâmpada fosse pegar fogo ou algo do tipo. Acho que foi isso que me levou tanto tempo até escolher isso.” Hadid diz.

Para a abertura, a loja oferece uma grande variedade de modelos de Guest in Residence, juntamente com o primeiro lançamento da coleção de inverno, inspirada no movimento de arte psicodélica dos anos 70. Toques dos anos 80 e 90, Benetton e Americana Prep também podem ser vistos pelas paredes em formas de polos de cores primárias, acessórios de cores contrárias (gorros e meias, em tamanhos adultos e infantis), cardigans de cores vivas, macacões e uma infinidade de camisas clássicas. Novas adições à coleção principal também estão disponíveis, como o macacão “Workwear”, que foi trazido de volta de um dos lançamentos iniciais da marca e repaginado em tons centrais de areia, bege e preto.

“Nós estamos trazendo de volta coisas de outras coleções que nós decidimos, já que eram os favoritos de várias pessoas, estamos introduzindo-as na coleção principal, talvez um pouco mais simples e em cores neutras. Nosso lançamento de final de ano está próximo, o que tem mais listras, lindos cardigans, em diferentes estilos, e flanelas.” Hadid fala,notando que a marca está se inclinando mais na sobreposição de fim de ano do que lançar uma linha inspirada em uma cidade de ski. “Não é exatamente uma aquela vibe de estação de ski, mas essas peças podem ser encaixadas em skis, sempre.”

 

Tradução & Adaptação: Gigi Hadid Brasil

Status do site

Site: Gigi Hadid Brasil
URL: https://gigihadid.com.br
Online desde: 13 de março de 2013
Equipe: clique aqui
Online:
Hospedagem: Flaunt Network

Últimos tweets
Gigi Hadid Brasil - Todos os direitos reservados © 2023
Desenvolvido por Maria Nunes e Uni Design