25.02.24
MFW: Gigi Hadid desfila para Versace Outono/Inverno 2024
Postado por Equipe GHBR
Compartilhe

“Esta coleção tem uma atitude rebelde e um coração bondoso”, disse Donatella Versace sobre a linha outono/inverno 2024 de sua grife italiana homônima. No Milan Fashion Week , as criações da estilista desceram uma escada branca em zigue-zague para encontrar a primeira fila da moda em um tapete preto felpudo. Lá, em capítulos divididos por cor e textura, os arquétipos Versace da próxima temporada assumiram identidades fortes e formais.

Donatella apresenta nesta coleção um mundo onde a mulher incorpora uma mistura paradoxal de inocência e audácia, seu comportamento afetado, mas inegavelmente sexy, sinalizando um aviso para não subestimá-la. O homem, sua contraparte, é um reflexo de sua alma – reservado, mas inteligente. Esta coleção, com suas linhas puras e tecidos inovadores, brinca com ideias de uma boa menina com alma selvagem e sua tímida alma gêmea genial.

“A mulher [Versace] é uma boa menina com uma alma selvagem”, disse o estilista. “Ela é afetada, mas sexy.” Ela usa vestidos conservadores com gola e ombros confiantes, tanto quanto vestidos reveladores com uma perna à mostra. Ela muitas vezes opta por conjuntos de jaqueta e saia combinando, com estampas marcantes e botões dourados imperdíveis. A transparência agrada seu gosto, especialmente em camisas de botão e gola alta, mas vestir-se bem é seu forte, como comprovado por seus sobretudos dominantes, blazers curtos, calças sociais que favorecem o corpo e botas grandes. “Não mexa com ela”, exclama Donatella.

A última coleção utiliza a arte da desconstrução, onde transparece a habilidade do Atelier na manipulação dos tecidos. Os tecidos se transformam, com estampas distorcidas em bordados, jacquards e forros ocultos, enquanto os luxuosos tweeds emergem do desfiamento de materiais tradicionais. Esta abordagem estende-se à silhueta das peças de vestuário, onde a alfaiataria ultrapassa os limites das normas da moda. Das proporções dramáticas de sobretudos longos e vestidos sob medida à justaposição de jaquetas curtas com minissaias e a interação de jaquetas de ampulheta com calças sob medida, a Versace desafia nossas percepções de roupas poderosas.

“O homem é sua alma gêmea, um gênio tímido”, acrescenta ela. Repletos de romance, os tropos de estilo masculino da marca imitam os da moda feminina. Onde ela usa um terno preto, ele também usa. Onde ela escolhe uma saia de algodão, ele veste um casaco grande do mesmo tecido. A sua “timidez” é articulada através dos casacos fechados, dos cardigans casuais de mohair, das malhas desgastadas, das calças justas e dos óculos escuros, mas ele simultaneamente abraça o glamour, com tecidos de couro brilhante, casacos carregados de pele, camisas transparentes com detalhes prateados e roupas com estampas ousadas. Juntamente com o seu homólogo feminino, o Versace Man está “quebrando as regras para criar novas”, disse a designer.

“As roupas pegam os códigos da alfaiataria formal contemporânea e os rompem com corte, caimento e enfeites”, explicou Donatella. “A coleção aposta em linhas puras, tecidos inovadores, considerados wildness.” Talvez os mais ousados ​​da linha sejam as jaquetas de colarinho, as camisas de botão e os vestidos com padrões dourados ornamentados da Versace com um toque animalesco.

Elementos exclusivos como a malha de metal mais leve para o pronto-a-vestir, os botões dourados da Medusa e os intrincados bordados de joias entram em cena nesta coleção. Uma paleta de batom vermelho rico contra o preto básico, intercalado com tons de moka e marrom cacau, adiciona uma camada de ousadia e intensidade. O motivo Wild Barocco atravessa a coleção em diversas formas, desde estampados e malhas até jacquards e bordados. A grife também explora novos materiais, como o couro napa plongé para bolsas. Os acessórios, desde a bolsa crossbody Kleio Medusa ’95 até a bolsa tiracolo Protea, seguem esse tema de rebelião refinada, enquanto a linha de calçados, com o novo salto Slice e as tradicionais fitas Gianni, mostram ferocidade e refinamento.

Sem ser vista chegando em Milão, na Itália Gigi Hadid surpreendeu a todos ao aparecer desfilando para Versace, após elas pular o New York Fashion Week inteiro algumas semanas atrás. Hadid passou pela passarela usando um vestido preto de botões com top transparente embutido e detalhes brancos na gola e nos punhos e completando seu look total preto usava luvas de couro e carregava uma bolsa ambas pretas.

Tags: Desfiles
Status do site

Site: Gigi Hadid Brasil
URL: https://gigihadid.com.br
Online desde: 13 de março de 2013
Equipe: clique aqui
Online:
Hospedagem: Flaunt Network

Últimos tweets
Gigi Hadid Brasil - Todos os direitos reservados © 2023
Desenvolvido por Maria Nunes e Uni Design