Bem-vindos ao seu fã-site oficial da modelo Gigi Hadid no Brasil
Instagram Twitter Youtube

Para Alexander Wang este ano seria uma explosão épica de sensações. Ele iria comemorar o 15º aniversário de sua empresa . No entanto, ele teve que adaptar sua agenda à pandemia e se ater a essa nova normalidade. No entanto, ele não deixou de lado seu lado mais criativo. Isso é demonstrado na sua nova coleção “Shot to Shop”, que foi exibida em formato lookbook, fotografada por Steve Klein e modelada por Adesuwa Aighewi, Anna Ewers, Anok Yai, Binx Walton e claro também por Gigi Hadid.

A coleção se apresenta como a melhor opção para a vida noturna onde as horas não passam e o sol não nasce . Com este novo lançamento, Wang continua seu legado de retrabalhar o estilo urbano . O pronto para vestir junta-se ao seu street T By line , criando uma combinação formal-informal que é inimaginável. É por isso que esta coleção é a expressão perfeita que reúne o melhor de duas décadas: os anos 90 e o presente . Alguns dos protagonistas são jeans surrados, sapatos pontudos, vestidos desconstruídos e peças folgadas.

A icônica Calvin Klein lançou sua mais nova colaboração, Kith x Calvin Klein que estava sendo muito esperada desde que Gigi Hadid apareceu no outdoor mais importante da cidade de Nova York. A nova campanha saiu junto com um curta metragem inspirado na infância de Ronnie Fieg, designer da coleção e da marca Kith.

O curta, sem participação de Gigi Hadid, relata a infância de Ronnie em 1996, com as peças da coleção ao fundo, como se fossem a espinha dorsal da história do jovem que mora sozinho com a mãe, e sai pela cidade pedalando para encontrar seus amigos. O jovem e sua amiga – destaques do curta – utilizam as roupas da coleção para se divertir e praticar esportes.

Inspirado nos anos 90, as peças tem o logotipo antigo da marca modernizado. A coleção tem cuecas boxer masculinas, sutiãs esportivos, camisetas e moletons. Os sutiãs esportivos Racerback, impressos com um logotipo repetido na barra, e chegam nas cores preto, branco, cinza, bege e rosa. Essa é a primeira vez que Calvin Klein permite que outra marca compartilhe seu nome na barra das peças intimas.

Cass Bird, responsável pelas fotos da campanha, registrou Gigi Hadid em momentos mais despojados e casuais no começo do ano, antes da quarentena. A modelo, que nunca tinha feito uma campanha da Calvin Klein, trabalhou ao lado de uma de suas melhores amigas Gabriella Karefa-Johnson que foi responsável pelo estilo da campanha.

20200910_113504.jpg20200910_113433.jpg8_4ee89ddf-19a4-4849-866f-c5eea41d403a.jpg1_7597a2d5-c5d5-483b-8e37-05b06e0199c4.jpg1~655.jpg

A cada dezembro desde 2002, Chanel apresenta uma coleção dedicada à sua Fashion Métiers d’art. Esta coleção destaca o diálogo criativo entre Virginie Viard, diretora artística das coleções de moda da grife, e as Maisons d’art, valorizando as criações da casa. Na coleção de 2019/20 Gigi Hadid e mais outras modelos que desfilaram para Chanel no final do ano passado estão sendo rosto da mesma. Toda campanha foi fotografada durante o backstage após desfile e também em um jantar de after party.

Elementar para o universo visual Chanel, o contraste do preto e branco atua com rigor gráfico. Na coleção Métiers d’art 2019/20, os painéis de tweed preto e branco redefinem a alfaiataria, enquanto as silhuetas são traçadas com contraste preciso. Datado da década de 1920, o duplo C é o monograma emblemático de grife, imediatamente reconhecível. As letras entrelaçadas aparecem em perfeita simetria, sinalizando a singularidade atemporal da Casa. Como prega dimensional, o duplo C se destaca na coleção.

Inspirada na moda masculina, Gabrielle Chanel usou tweeds infinitamente flexíveis e confortáveis. Ao longo da coleção Métiers d’art 2019/20, o tweed continua a tradição e assume muitas formas e tons contemporâneos, desde um paletó recortado e uma saia de cintura baixa, até um terno rosa marcante.

Considerando o trigo como um amuleto de boa sorte, Gabrielle Chanel contratou o ourives Robert Goossens para criar uma base de feixes brilhantes para uma mesa de vidro em seu apartamento na Rua Cambon 31. Bordado pela House of Lesage em um vestido sem alças e jaqueta de tule o trigo parece, ao mesmo tempo, precioso e extravagante. O arco, acessório que Gabrielle usou em inúmeros retratos, é um dos elementos essenciais do estilo de Chanel. Somados aos cintos de corrente, os arcos podem ser encontrados em toda a coleção Métiers d’art 2019/20, reinterpretada por Viard como um sotaque elegante e divertido.

Na coleção Métiers d’art 2019/20, uma gaiola minaudière dourada, constelada com balanços de strass de uma alça de corrente. Ele aponta para uma gaiola de pássaros em miniatura no apartamento de Gabrielle Chanel, um dos muitos tesouros que ela amava.

O endereço emblemático do apartamento de Gabrielle Chanel e do estúdio de criação inspirou a decoração da coleção Métiers d’art 2019/20. Tanto a mítica escada espelhada Art Déco quanto os móveis do apartamento foram recriados dentro da nave do Grand Palais. Entre os looks está um moletom com a Rua Cambon 31 bordado em flores pretas e pérolas pela Casa de Lemarié.

Imaculada, delicada e simbólica de longa vida, a camélia era a flor característica de Gabrielle Chanel. A partir da década de 1960 a Casa de Lemarié começou a criar camélias para a Chanel e ainda hoje monta cada pétala uma a uma. Na coleção Métiers d’art 2019/20, eles cobrem jaquetas bomber como esculturas, os centros bordados brilhando como joias.

page_6.jpgpage_7.jpg1590508939038-6imgcampaignblackjpg_max_lg_md.jpg58HWRX5U_o.jpg2019-20-Metiers-dart-ad-campaign_pictures-by-Melodie-McDaniel-7-scaled.jpg

c~8.jpgc.png1_2.jpeg

Gigi Hadid ao lado de sua irmã Bella Hadid e da sua amiga Kendall Jenner o trio são os principais rosto da nova campanha da grife inglesa Burberry denominada Evolution! Capturado em uma série de imagens por Inez e Vinoodh a campanha dá destaque a uma nova atitude da Burberry, onde o clássico e o excêntrico se encontram – um contraste marcadamente britânico. Poses pouco convencionais e formatos de inspiração animal criados pelo elenco reforçam o reconhecimento que Thomas Burberry e Riccardo Tisci compartilham pelo poder e simbolismo dos animais.

A terceira coleção de Riccardo Tisci para a marca – uma comemoração de novos códigos da marca, uma justaposição entre o clássico e o moderno. Para a mulher a marca fez alfaiataria elegante transforma-se com blazers de cintura marcada, ternos com saias pregueadas e calças de prega dupla, com bainhas marcadas por franjas e correntes. Colagens de estampas animais feitas à mão enfeitam peças de seda leve, refinadas e elegantes. Detalhes de corset contrastantes, emblemas de logotipo bordados em tule e saias vazadas manifestam sua inspiração esportiva. As roupas de festa, em tons discretos de preto e bege Burberry, combinam elegância com simplicidade – com detalhes de malha de cristal e penas de avestruz aplicadas à mão.

“Tenho trabalhado há alguns anos para definir uma nova identidade e uma nova linguagem visual para a marca. Esta campanha parece o começo, e eu queria comemorar os homens e mulheres que representam a Burberry, alguns que fazem parte da minha carreira desde o princípio e outros que começam agora esta jornada pela Burberry comigo. Juntos, eles capturam a sofisticação e a atitude que definem a Burberry atualmente”, diz o diretor criativo Tisci.

O icônico trench coat é renovado com recortes de seda, cortes longos, mangas estruturadas e anéis com cristais – uma forma clássica atualizada com a nova visão de Riccardo Tisci e uma abordagem inédita ao desfile.

A coleção introduz novas bolsas clássicas, incluindo a contemporânea bolsa Pocket, inspirada pelo acervo da grife e com estampa Horseferry, e Anne, uma peça de inspiração equestre com detalhe de monograma Thomas Burberry e tiras de couro. Em contraste, Lola – a irmã mais nova desestruturada da bolsa TB – está de volta com novas interpretações no tamanho pochete e novos tecidos.